Dalva Agne Lynch (Sarah)

Site oficial

Textos


Versão em português abaixo do original


Vissi d`Arte

 
 
  “ I lived for Art, I lived for Love ”…
Now, at the sunset of Life
In spite of criticism and scorn
Sailing free against saints and sinners
I´m alone, and before me
Are colors and sounds
And the beauty of uncharted seas.
The wind of adventure blows on my hair
And I can surely tel l  you
That I´ve lived! I´ve loved it!
I´ve created beauty with my body
With my mind and with my bare hands!
And even if I've stumbled so many times
Even if my mind left me so many times
I´ve accomplished my purpose in this life
And my Love and my Art bore fruits.
So be silent! I owe you nothing.
I owe nothing to any man
And to any god.

Portuguese version

Vissi d´Arte



“Eu vivi pela Arte, vivi por Amor”…
Agora, ao poente da vida
Apesar de críticas e desprezo
Navegando livre contra santos e pecadores
Estou sozinha e diante de mim
Há cores e sons
E a beleza de mares desconhecidos.
O vento da aventura sopra em meus cabelos
E te posso dizer com certeza
Que eu vivi! Eu amei!
Criei beleza com meu corpo
Com minha mente e com minhas mãos!
E ainda que tenha tropeçado tantas vezes
Ainda que tantas vezes
Minha mente me tenha abandonado
Eu cumpri meu propósito nesta vida
E meu amor e minha arte deram frutos.
Cala-te então! Não te devo nada.
Não devo nada a homem algum
E não devo nada a qualquer deus.

 
Dalva Agne Lynch
Enviado por Dalva Agne Lynch em 14/12/2019
Alterado em 09/05/2020
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA