Dalva Agne Lynch (Sarah)

Site oficial

Textos


Contada com os lobos
(em resposta ao soneto "Contando Lobos", do grande Nathan de Castro, outubro de 2007)

       


Se lobos contas tu na noite escura
E princesas, e heróis de fantasia
Ah! conta-me também, pois na procura
Sou lobo só, perdida em noite fria.

Eu não pertenço mais entre os viventes
Ou não o quero mais, pois se destroçam
Lutando por poder como dementes
E do sagrado, belo e puro troçam.

A solidão me dói como um açoite.
Conta-me com os lobos nesta noite
Para em poemas e rimas me louvar

Antes que o sol desperte, e em minha fome
Eu sucumba no frio que me consome
E não  me encontres mais para me contar...



 
Dalva Agne Lynch
Enviado por Dalva Agne Lynch em 23/10/2016
Alterado em 23/10/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA