Dalva Agne Lynch (Sarah)

Site oficial

Textos


tradução abaixo do poema em inglês


Counterpoint
 
 

Thus yearning rushes down my fingers
And I´m lost in your fire, desire
Caressing my shoulders
Raveling on my hair
But why, thoughtless child
You left me naked and wild
Wrecked all my defenses
Awakened all my senses
And didn´t stay
To satiate´em?


Versão em português:
 
  

Contraponto
 
 

A ânsia se me escorre dos dedos
E se perde em desejos e enredos
Descendo-me pelos ombros
Emaranhando-se em meus cabelos
E diga-me, criança louca
Por que me tiraste a roupa
E por que me despertaste
Se não me ficaste 
Para saciar?
 
  



 
Dalva Agne Lynch
Enviado por Dalva Agne Lynch em 14/05/2016
Alterado em 20/05/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA