Dalva Agne Lynch (Sarah)

Site oficial

Textos


Escrevi o poema que se segue quando foi publicada na Net a foto acima - nossa Bandeira, atirada ao chão como um trapo velho, em um canto do Senado Federal.


SÍMBOLO

Dalva Agne Lynch


Jogaram minha bandeira
ao chão.
Primeiro desmataram o verde
poluíram os  rios
sujaram as areias douradas.
Depois
profanaram a honra
corromperam a ordem
pisotearam a igualdade.
E por fim minha bandeira
tão cheia de cores
foi jogada ao chão.
Quem haverá de levantá-la?
Quem empunhará por ela
a espada?
Quem resgatará
neste momento inglório
o pendão da nossa esperança
o símbolo augusto
de nossa paz?


foto encontrada no blog Resistência Democrática, sem autoria

Dalva Agne Lynch
Enviado por Dalva Agne Lynch em 07/09/2008
Alterado em 06/09/2010
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA