Sarah D A Lynch

Site oficial da escritora Dalva Agne Lynch

Textos


O Tanya – Likutei Amarim
 
 
 
Devido a que posto muita citação de um livro chamado Tanya nas redes sociais, comecei a receber muitas perguntas sobre o que vem a ser esse livro judaico tão desconhecido. Bom, não vou dar aula de Tanya porque não tenho a competência para isto. Vou apenas explicar o que ele é.
 
O Tanya foi escrito por um Rabino russo chamado Shneur Zalman de Liadi - o Alter Rebbe, criador do Hassidismo Chabad – e foi publicado em 1797. Ele é o compêndio do mais elevado Misticismo judaico.
 
Quando você começa a estudar o Misticismo judaico, além dos "é mesmo, lá no fundo eu sempre soube disso", você começa a descobrir coisas que estão muito além do nosso plano humano. Afinal, este é o significado da palavra Misticismo.
 
Agora, a Torah, conhecida como o Antigo Testamento, contém muito mais do que um texto. Ela é como uma cebola, sendo a Torah Escrita a primeira camada. A segunda é a Torah Oral, que a complementa, explica e exemplifica. Depois dela vem os Escritos dos Sábios, o principal desses sendo Rashi, que viveu nos primórdios do primeiro milênio da Era Comum. Esses Escritos concatenam as duas camadas precedentes.
 
A próxima camada é o esoterismo da Kabbalah, que infere verdades espirituais baseada na Torah, na Torah Oral e nos Escritos dos Sábios. Ela se utiliza da Gematria nessas inferências, através de análises de Matemática, Música, Geometria, Astronomia, Biologia, Anatomia, Botânica, o estudo das cores, e por aí vai.
 
Pois bem - o Tanya é a última camada dessa cebola de estudo e compreensão das Escrituras.
 
Partindo dos conhecimentos da Kabbalah, o Tanya vai além. Ele une esses conhecimentos (Da´at) com a Sabedoria (Chochma) e o Entendimento (Binah), ou seja, os três mais altos níveis de percepção que um ser humano pode ter, e que ele precisa ter para interagir com o mundo físico e o mundo espiritual. Esses três níveis é conhecido como CHABAD - um acrônimo das palavras Chochma, Binah e Da´at. É esse o nível dos Patriarcas, dos Profetas e principalmente de Moshe Rabeinu – Moisés.
 
O Tanya mostra a estrutura do Espírito e a estrutura do nosso espírito. A ordem pela qual tudo foi estabelecido, as razões por trás de tudo o que vivemos e experienciamos. Quer dizer, o Tanya traz a sabedoria, o entendimento e o conhecimento para nossa vida material, dando-nos a possibilidade de saber as razões de tudo, e assim sermos capazes de fazer escolhas baseados não apenas no que sabemos e sentimos, mas baseados nas conexões Infinitas do Divino.
 
Por sinal, o custo desse aprendizado é enorme – pode lhe custar tudo – mas vale a pena. E a música de fundo deste texto é uma oração kabbalística, e suas palavras são consideradas sagradas no Judaísmo.








 
Sarah D A Lynch
Enviado por Sarah D A Lynch em 02/04/2019
Alterado em 04/04/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA