Sarah D A Lynch

Site oficial da escritora Dalva Agne Lynch

Textos


Enquanto você dorme





Enquanto você dorme, a vida continua à frente. Ainda há coisas urgentes a fazer, trabalhos a serem terminados ontem, instruções a serem dadas à empregada, telefone tocando, campainha da porta soando, cachorro latindo, gata se enroscando no cio. Mas você… você está dormindo.

Enquanto você dorme, luzes continuam a brilhar intermitentes por sobre a minha cabeça, mensagem de que ainda vale a pena olhar para cima, mesmo que seja apenas para me fazer lembrar que, em algum lugar, sob Sua mesma sombra (sim, Sua sombra), você está dormindo.

Enquanto você dorme, deixo de fazer mais alguma coisa que deveria ser feita; suspendo o urgente do momento para divagar e repensar. Divago e repenso, e daí sento-me e escrevo coisas sem sentido, porque parece sem sentido o mundo onde você não está. E você não está agora, porque você está dormindo.

Enquanto você dorme, de repente as coisas em si não parecem ter uma conexão. E encontro a mim mesma tentando concatenar minutos desgarrados, minutos mais vastos do que os seus sessenta segundos – mais longos, porque você está dormindo.

Acordado, você pode, de repente, fazer saltar o tempo para fora de seu nicho, e entrar na eternidade. Colocar impresso na memória o que de outra forma passaria despercebido. Transformar finito em infinito. Temporal em atemporal.

Mas não agora. Agora você está dormindo. E enquanto você dorme, presto atenção às últimas palavras que mudaram de sentido porque você estava por perto quando foram ditas. Aos últimos minutos que pareceram mais curtos do que seu tempo determinado porque você estava neles.

E faço com alguns deles esta tela, palavras entretecidas, momentos enclausurados em forma.

Para você - enquanto você dorme.




 
Sarah D A Lynch
Enviado por Sarah D A Lynch em 03/05/2017
Alterado em 03/05/2017

Música: Dumbledore's Speech - Nicholas Hooper

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA