Sarah D A Lynch

Site oficial da escritora Dalva Agne Lynch

Áudios

Nas brumas de mim
Data: 23/04/2008
Créditos:
Nas brumas de mim - texto de Dalva Agne Lynch, declamado pela autora
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



English version after the one in Portuguese

Nas brumas de mim



Acalanta-me
nas brumas de mim!
Faze nascer o dia das pequenas horas
a antemanhã das ondas que me afogam
o despertar do sol
dos vagalhões que me silenciam!
Ah, aproxima-te!
Preciso de mãos que não as minhas
para fazer poemas.
Aproxima-te com um soneto
uma redondilha
declama em voz alta ao pé de mim
na hora do silêncio maior.
Até que se me voltem as palavras
e se me voltem belas
e outra vez desperte o canto
ao nascer do sol!
Ah, Poeta
peço-te
acalanta-me
nas brumas de mim!

ENGLISH VERSION

In the deep mists of myself


Soothe me
in the deep mists
of myself.
Bring forth the day
from the small hours
the dawn
from the drowning waves
the sunrise
from the howling billows!
Oh please come near!
I need hands other than mine
to make a poem.
Come near with  sonnets
with roundels
recite them to me
in the silent hours
til my words come back in beauty 
and my song returns
with the rising sun!
Oh my Poet
I beseech you
please soothe me
softly
in the deep mists
of myself!


fig encontrada na Net - se souber o autor, por favor diga-me
Enviado por Sarah D A Lynch em 07/10/2008

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA